Phillip Krinker

Como o CFO pode otimizar o fluxo de caixa da empresa

20-agosto-2018_credrisk_facebook

O Chief Financial Officer (CFO) vem ganhando um papel cada vez mais determinante dentro das empresas, superando os horizontes dos fluxos de caixa.

De acordo com uma pesquisa da Grant Thornton LLP, 40% dos CFOs dizem que o planejamento estratégico é uma das suas principais prioridades – juntamente com as tarefas usuais como aumento do fluxo de caixa ou redução dos custos.

O resultado da pesquisa aponta o CFO é o responsável pela gestão do risco e que a maioria considera possibilidade de fortalecer os negócios por meio do uso de instrumentos de gerenciamento de risco.

Dentre as inúmeras atribuições deste profissional, vamos nos ater a uma das mais importantes e recentes: a gestão de riscos financeiros. Neste quesito, um dos ativos mais relevantes e sensíveis do balanço patrimonial é o Contas a Receber de clientes.

O Contas a Receber de clientes, via de regra, representa 30% ou 40% do total do ativo e, portanto, muito exposto ao humor da economia. Vimos, nas últimas crises, inúmeras empresas quebrando ou pedindo recuperação judicial, afetando profundamente o fluxo de caixa das mesmas. O que realmente quebra uma empresa não é um resultado negativo em seu demonstrativo de resultado e sim a falta de caixa.

Neste quesito, os CFOs estão buscando resolver tal problema com medidas de proteção do Contas a Receber. Uma delas – em fase de crescimento - é o Seguro de Crédito.

Quantas empresas nestes últimos anos provavelmente não teriam quebrado ou pedido recuperação judicial se sua carteira de recebíveis estivesse segurada?

Com a aquisição do Seguro de Crédito, além da proteção do caixa da empresa, o CFO está praticando uma gestão estratégica de riscos, com direcionamento em valor e com o objetivo de realizar cada vez mais negócios com proteção.

Outras medidas podem ser implantadas pelo CFO para proteger o caixa, mas muitas delas com custo muito alto e uma burocracia elevada. O Seguro de Crédito, além de ter um custo palatável, ajuda as empresas a atingir suas metas de vendas com segurança.

Portanto, os CFOs atuais possuem total capacidade e ferramental para antecipar as ameaças externas, basta aplicá-las.

Confira esse e outros benefícios do Seguro de Crédito em nosso Guia Definitivo sobre o Seguro de Crédito:

Guia Definitivo sobre o Seguro de Crédito