CredRisk Seguros

Risco de crédito assumido pelo banco X risco de crédito assumido pela seguradora

post-19-02-blog

São em momentos de crise econômico-financeira que fica evidente o menor interesse dos bancos em fornecer crédito às empresas, justamente no período em que estas mais precisam de apoio para sobreviver. A análise da área de risco feita pelos bancos tende a ser extremamente seletiva, não contemplando a globalidade da carteira de crédito, levando algumas instituições a procurarem proteger a sua própria carteira com o Seguro de Crédito.

A partir do momento em que é feita a contratação do Seguro, é possível à seguradora, através da análise do mercado e dos dados internos dela, limitar, individualmente, os riscos dos devedores.

Quando uma empresa opta por contratar o Seguro de Crédito, ela adquire a possibilidade de utilização de sua apólice em negociações de antecipação de recebíveis de forma a conseguir melhores taxas tendo em vista que sua carteira tem a cobertura da Apólice de Seguro de Credito, o que pode ser estendida à intuição financeira através de um endosso de cláusula beneficiária.

As empresas que exportam já se utilizam do Seguro de Crédito para proteger suas vendas e poderem utilizar-se do PROEX. A novidade é que outras operações de antecipações de recebíveis para exportações estão ganhando relevante posição no mercado com a proteção de uma apólice de Seguro de Crédito.
Desta forma, estruturas financeiras como FIDC, CRA e outras formas de financiamento podem ser protegidas por uma apólice de Seguro de Crédito, propiciando segurança aos investidores destas estruturas financeiras.

Quer saber mais sobre o Seguro de Crédito? Baixe agora mesmo o Guia Definitivo que vai sanar quaisquer dúvidas que ainda restam sobre o serviço:

Deixe um comentário: